Você ganha ou você faz dinheiro? Mudar a maneira com a qual você responde a essa pergunta pode fazer toda a diferença na sua vida financeira.Um pesquisador chinês em uma universidade dos EUA fez um estudo para entender como o idioma materno influencia na nossa maneira de pensar o dinheiro. Faz sentido, não faz?

Ele descobriu que alguns idiomas tem uma forma distinta para o futuro dos verbos, enquanto outros idiomas não tem. Línguas latinas tem: farei, comeremos, vou comprar. Línguas germânicas não tem, com exceção do inglês. Nessas línguas se diz somente algo como “eu compro amanhã” (em inglês você tem que adicionar o ‘will’ para indicar o futuro).

Para as pessoas que falam idiomas que tem uma forma distinta para o futuro é mais difícil poupar. Para pessoas que falam idiomas que não distinguem a forma do futuro, é mais fácil poupar. Simples assim. O estudo ainda está em andamento para descobrir o real motivo disso, mas já é uma prova de que sim, o idioma que você fala influencia a maneira com que você lida com dinheiro.

Eu aprendi isso na prática depois de mudar para o Canadá.

A minha vida toda eu usei a expressão “ganhar dinheiro”, como todo brasileiro. “Quanto ganha um médico?” ou “Quanto você vai ganhar nesse emprego?”, “Fulano deve estar ganhando muito dinheiro” e por aí vai.

Depois que eu comecei a ter mais contato com a língua inglesa eu entendi que eles usam mais a expressão “fazer dinheiro” do que “ganhar dinheiro”. Em inglês, se você trabalha, você faz dinheiro. Se você recebe dinheiro do governo, você ganha dinheiro. Tem algumas outras regrinhas, mas o básico é assim.

Foi aí que eu entendi uma verdade que mudou a minha maneira de ver trabalho, dinheiro e riqueza.

Quando você fala que ganha alguma coisa, a ação está sob responsabilidade de outra pessoa. Se você ganha um desenho do seu avô, é ele o responsável pelo desenho chegar até você.

Quando você faz alguma coisa, a ação está totalmente sob sua responsabilidade. Se você faz um desenho, o ato de fazer o desenho é sua responsabilidade.

Assim é com dinheiro também. Se você acha que ganha dinheiro, você está delegando a responsabilidade desse dinheiro para outra pessoa. Você depende de outra pessoa te dar esse dinheiro, e você é um mero espectador. Por outro lado, se você acha que faz dinheiro, você não depende de ninguém, a responsabilidade é toda sua.

Quando você decide tomar as rédeas do seu dinheiro você percebe que o modo de pensar “eu ganho dinheiro” não serve mais. Para tomar as rédeas você precisa se responsabilizar. E ISSO é um grande passo para muita gente!

“Mas Daniel, mesmo que eu passe a pensar que faço meu dinheiro, ainda é meu chefe que me paga”. Sim, ainda é, mas você vai ver que a sua atitude em relação ao seu trabalho vai mudar. Mas a gente fala disso uma outra hora.

A ação que quero que você tome hoje é simples: pare por 5 minutos e se pergunte: você ganha dinheiro ou você faz dinheiro? Você ganha pouco ou você faz pouco dinheiro? Quem é responsável pelo seu dinheiro? E pela sua riqueza (ou pela sua pobreza)?

Dicas no seu email

Dicas no seu email

Quer receber 3 dicas para começar a colocar seu dinheiro em ordem e passar a aproveitar MUITO mais do seu salário?
Coloque seu nome e email aqui!

Legal! Confira seu email em alguns minutos!

logo_news

Dicas para seu salário durar mais

Coloque aqui seu melhor email e receba 3 dicas para fazer seu salário durar mais e você não precisar ter mais medo do fim do mês.

De quebra, receba o livro digital "Os 3 primeiros passos para sair das dívidas" para você enviar para quem você quiser.

Show! Você deve receber a primeira dica em seu email em alguns minutos!